Mas isto é a fruta da época. Uma cambada de aldrabões, chicos espertos que querem comer os outros por parvos; e isto vai desde o Pingo Doce ao governo passando pela Playboy. É sempre a enganar e defraudar o zé pagante. Felizmente já tenho idade para não me deixar enganar, (nem a Rita Pereira me tenta) mas compreendo a sua frustação.
Vasco a 4 de Maio de 2012 às 14:38

100% de razão!
fiel a 4 de Maio de 2012 às 16:40

Ahahahah ...deixa-me rir. Mais que tem a mania que nunca foi enganado!
Vilas a 5 de Maio de 2012 às 00:05

Concordo plenamente com o autor.A playboy portuguesa é simplesmente vergonhosa ,parece uma maxim mas em versão muito pior.Senti-me defraudado ,para não dizer ROUBADO...
Mas num pais de brandos costumes e falsos moralismos vale tudo.
Joel Barros a 5 de Maio de 2012 às 05:03

É bem feito para quem enfia destes barretes. Como se chamavam antigamente?: - Patos bravos!!!
Maria a 5 de Maio de 2012 às 19:03

Caro Vasco, concordo excepto no que diz respeito ao pingo doce...só lá foi quem quis e teve realmente desconto de 50%...não estou a ver onde enganou o cliente.
Quanto ao texto concordo em absoluto: publicidade enganosa e mais vale uma moça qq desnuda que todas as famosas vestidas!
Mexilhao a 4 de Maio de 2012 às 15:00

Não tenho nada contra a Rita, e não há nada nem ninguém que não tenha o "seu" defeito, mas como bom Português, tenho que dizer, que me enerva os olhos da miúda, e para disfarçar esse problema, melhor seria ter posado toda NUA, antes preferia ver a minha vizinha do 9º, toda descapotada, que é bem superior, e é tudo natural, creio (não quero levantar falsos) que as da Rita da capa play boy, sejam de "borracha" sintética.
Quanto ao Pingo Doce, não enganou ninguém, só tive pena de não ter aproveitado, mas neste País, póde-se Roubar à vontade, agora dar: NÃO. Desde que eles paguem aos fornecedores, creio que ninguém tem a ver em que eles distribuam os lucros pelos "clientes", ou o sr. Belmiro e Companhia, esquecem que também fazem ou dizem que fazem descontos de 50%, e esses não praticam "dumping". Admira-me o PCP que se diz de esquerda, não apoiar estas iniciativas, pois só favorece a classe mais necessitada, por ter sido no 1º de Maio, não creio que os ditos Super Mercados, o tenham feito propositadamente, para estragar o feriado do trabalhador, se calhar, foi com uma ideia contrária, ou seja de se juntarem à classe que mais está a sofrer neste País. Quanto a mim, não quero ser Juiz desta causa, mas que haja outros Hipers, Galps, EDPs, PTs, Brisas etc...etc... a fazerem o mesmo, pois se os Admnistradores destas S.A. metem Milhões ao bolso, metade já lhes chegava e sobrava, os outros 50% podem destribuir, já não digo mais, 6 VEZES ao ano.
E como estamos na altura dos 50%, como não reduzir os ordenados de quem ganha a cima de 10.000 €uros, 5.000 € já chega, reduzir em 50% os Deputados, os Ministros, os Secretários e outros mais... Hóóó PORTUGAL, ao fim do ano 2012, já não precisavamos da Troika.
Desculpem, sonhar é fácil, mas para isto tudo acontecer, precisavamos de um 25 de Abril a sério, onde não houvesse hipóteses de entrarem moscas, e como a tecnologia está avançada, todo o político, teria que fazer uns testes, de Bom político e que estava na política para servir o Estado, e não o contrário.
MG

Caro Manel ... Cortar os ordenados de quem ganha mais de 10.000€!!! Era preciso outro 25 de Abril!!! então o 25 de Abril não é o símbolo da liberdade!!! Mas quando chega a ordenados já não há liberdade!!!

Meu caro cada um ganha o que merece e para o qual trabalha, tem que ser assim num mercado livre!!!
Tunga a 4 de Maio de 2012 às 16:40

Cada um ganha o que merece?
Então estás a dizer que uns merecem ganhar 500 euros ou menos, enquanto outros merecem ganhar centenas de milhares?
Onde andavas tu quando Deus distribuiu a inteligencia?
Pedro a 5 de Maio de 2012 às 09:23

Pedro: Cada um merece um salário de acordo com os seus conhecimentos, experiência e cargo desempenhado. Os políticos, e quando digo políticos refiro-me aos deputados ministros PM e PR ), devem ser bem pagos, pois desempenham um papel bastante importante ao nosso pais... se o desempenham mal ou bem já depende de nós, pois somos nós que os escolhemos.
Segundo a sua lógica uma pessoa que acaba a escolaridade obrigatória merece o mesmo que um mestre ou licenciado é? Não é nada justo isso! Até um jovem como eu de apenas 19 anos percebe isso!

Já agora esse seu ultimo comentário foi muito esclarecedor do seu carácter e conhecimentos. Sim Caro Pedro, pois a prática de argumentos ad hominem " só mostra isso!
Pense bem no que diz, no que quer dizer, e não use os argumentos que os nossos deputados usam nos debates na assembleia ( eles não sabem debater só opinar mal dos deputados dos outros partidos)
Cumprimentos.

E haverá quem mereça não ganhar nada? Na força da vida? Com toda a capacidade para trabalhar?
Maria a 5 de Maio de 2012 às 18:57

Que tem a Playboy a ver com os supermercados? Vendem lá a revista, ou a Rita pereira com 50% desconto????
Isabel Dourado a 4 de Maio de 2012 às 16:52

Os 50% foi o desconto que fizeram á Sr.ª... só tirou 50% da roupa, pelo que fica apta a entrar em qualquer igreja... Acho que para fazer justiça à concorrência, até na TVGuia ela já deve ter aparecido mais despida, e nessa altura não terá recebido os falados 25000 euros...
RS a 5 de Maio de 2012 às 01:35

Muito bem dito Manuel.
Susana a 4 de Maio de 2012 às 18:15

Assim é que é falar Manel mais nada e quanto ao saloio que disse que cada um ganha o que merece e que estamos num mercado livre só queria dizer que isso não existe é pura utopia.
simonfla a 5 de Maio de 2012 às 12:32

"só lá foi quem quis e teve realmente desconto de 50%...não estou a ver onde enganou o cliente" Será!!??
E os produtos que não são levados diariamente porque não são necessários? E agora porque têm 50% de desconto (?) já são?
Pense bem.
Quanto à Plaboy, isto é uma biblia
Luis Dio a 4 de Maio de 2012 às 23:43

A Playboy portuguesa é do antes 25 de abril 1974.
Vocês não percebem nada à censura :)
Sandra a 4 de Maio de 2012 às 15:39

Acho que nem do antes do 25 de Abril. Quando se dizia que alguém estava nu, queria-se dizer que estava sem roupa. Hoje estar nu ou desnudo (termo em voga que soa mais a castelhano) já não quer dizer nada disso. A rapariga só tirou uns poucos penduricalhos.
Francisco a 5 de Maio de 2012 às 18:56

Esta edição é uma completa desilução. Se na anterior "versão" ainda tivemos alguns nus, mesmo envergonhados, houve alguns momentos de erotismo nas fotografias, desta feita é uma completa desilução. Escrevendo de uma forma "popular", nem um mísero mamilo para amostra, ou melhor, nem sequer uma roupa interior transparente, nem uma t-shirt molhada, nada. Existem catálogos de roupa interior bem mais apelativos!
Ludgi a 4 de Maio de 2012 às 15:39

desilução
Pedro a 5 de Maio de 2012 às 16:02

o que é isso?
Pedro a 5 de Maio de 2012 às 16:03

È publicidade pura ..para fazer dinheiro, a Rita recebe um bom cahé. O Nu não é praticado, e a fotografia faz o resto, só por ser famosa pode aceder a tais meios. Existem femeas ainda mais bonitas, não se dedicam a esta causa em exclusivo, têm outras causas. FAZER DINHEIRO A TODO O CUSTO. Abram os olhos e olhem as mulheres bonitas qua passam na rua, e que não são famosas, mas que realizam o prazer do BELO. QUE MITO.
cidália a 4 de Maio de 2012 às 15:40

Desilusão, flop ou fiasco, foram palavras que me vieram à cabeça quando folheei a Revista. No meu entender foi bem mais interessante a entrevista do JEM. Quanto mim está tudo dito !
ANTONIO COSTA a 4 de Maio de 2012 às 16:04

Bastava pesquisar no google "rita pereira playboy" e estão lá as fotos todas, poupavam uns euros e a desilusão lol agora mais a sério a miuda é esperta temos de admitir, recebeu bem e mais que todas ate agora e não mostrou nada !
nuno a 4 de Maio de 2012 às 16:10

olhai o que vos digo ela é NACO do Lombo, do melhor!( não o comi , mas gostava muuuuuuiito)

Bom Fim de semana
JORGE a 4 de Maio de 2012 às 16:11

Concordo com tudo o que foi dito.

Foi uma grande campanha de marketing pegarem numa menina dita boa/bonita, para criar expectativas entre os homens... e, depois, sai o tiro pela culatra, porque as pessoas compraram a revista pela possível nudez da actriz famosa e, puff... não há nudez.

Agora, uma coisa é certa... para um regresso da revista, após tamanha desilusão dos "leitores" (mais observadores, do que propriamente leitores), aposto que a próxima revista, ou tem mesmo nudez, ou então, vai ser um fracasso!
Paranoiasnfm a 4 de Maio de 2012 às 16:12

Adorei o fim do artigo : "É como comprar um Porsche e encontrar o motor de um carocha. Sinto-me defraudado." Está o máximo ! Realmente ! . . . Playboy, devia apresentar nudez, certo ? . . .
f32gyqr a 4 de Maio de 2012 às 17:10

amigos essa menina já tirou o bikini e mostrou as suas mamocas mamilos incluidos, e bem avantajadas por sinal procurem na net as fotos que nao é dificil

para quem gosta de mamas grandes sempre é qualuer coisa, mas nao faltam por este pais beldades e bem mais descascadas
Newton a 4 de Maio de 2012 às 22:11