completamente off topic: o título do blog e o subtítulo estão em cima da rosa dos ventos. é dar um padding-left: 10px; e a coisa deve passar.

de qualquer forma a AR tb tem 2 cantinas, como era a outra?

é tudo investimento público, o catering é nacional.
clara a 7 de Junho de 2012 às 10:25

Clara, obrigado. Já agora como é que faço isso?

E investimento público ou não, é demasiado.

não conheço o editor do sapo, se tiver um editor de HTML/CSS normal é procurar (ctrl + f) onde diz header e escrever (dentro da chaveta) "padding-left: 10px;"

isto porque estou a presumir que a imagem está como fundo (background image).

já almocei nessa cantina da AR e não me parece despropositado, na lógica de mercado, quem lá almoça é porque pode pagar, não vão comer hamburguers e isso.

deu bom post, anyway.
clara a 8 de Junho de 2012 às 18:38

Bom a mim parece-me que a polícia serve para prender quem vai contra a lei, o que vi foram polícias a ir também contra a lei e a agredirem, perseguirem e, até deterem de forma ilegal pessoas que não fizeram mais que manifestar-se pacificamente e alguns até iam só a passar nas ruas, coitados azar o deles não é? já agora porque estavam na rua?, porque não estavam enjaulados e encolhidos em casa? com que direito andam na rua? Já agora também podemos começar a colocar questões destas, não é? Desde o momento que achamos que o inocente é que deve pagar pelo crime do culpado e que o cidadão comum é que deve impedir um crime.

Nenhum polícia tem o direito de agredir, a sua função é deter quem prevarica e defender o património público de que tanto falam e, proteger acima de tudo, a população. volto a perguntar porque não deteram o primeiro que começou a atirar pedras? porque não resolveram logo o assunto? Com tanto polícia á paisana, com os 10 ou 20 que atiravam pedras completamente isolados dos restantes manifestantes (sim, porque os próprios manifestantes lhes pediram para eles pararem e quando viram que eles não paravam criaram uma barreira entre eles, havia um espaço bem razoável entre os que atiravam pedra e os manifestantes pacíficos) com o tempo que tiveram, a polícia não conseguiu deter quem cometia os “crimes”? são incompetentes? Não, foram instruídos para isso, obedeceram a superiores que os sujeitaram às pedradas para a seguir legitimizarem uma atitude cuja única intenção foi, e continurá a ser, instalar o medo no povo, a de reprimir, a de calar.

Falam muito também que os manifestantes pacíficos deviam ter abandonado a manifestação. Bom isso é dizer então que não se podem fazer mais manifestações. Porque em todas haverá sempre parolos que atiram com pedras ou betardos ou garrafas ou o carago, mas é para esses que as forças policiais deviam lá estar, para agir imediatamente, para os deter, não espancar. Bem, como para proteger os manifestantes pacíficos, para protegerem o nosso património, coisa que não fizeram, muito pelo contrário assistiram impavidos e serenos a isso.

Também me parece que se acham normal que se deva abandonar manifestações se meia dúzia de pessoas atirarem pedras então é fácil, não haverá mais manifestações até porque os próprios polícias podem fazer esse papel. Daqueles que atiravam pedras, sabem se algum deles não seria polícia?

As pessoas agredidas, espancadas foram essencialmente mulheres, idosos, até pessoas de cadeiras de rodas, como uma familiar minha que foi espancada, presenciou a polícia a querer espancar um senhor de cadeiras de rodas e foi um amigo dessa minha familiar que se colocou à frente a pedir calma e a polícia deu-lhe a calma com o cacetete, um polícia de cada lado a bater-lhe. A minha familiar encontrava-se lá ao fundo ao pé dos prédios, sítio de onde não choviam pedras nenhumas, sítio de onde não foi audível o “aviso” da polícia, mas foram essas as pessoas que estavam bem longe dos prevaricadores que foram agredidas.

Querem que o povo se cale e nós não nos podemos calar, não nos podemos conformar. nunca na minha vida me meti em manifestações, nunca me meti na política, nunca tive problemas com a polícia mas não me posso continuar a dar ao luxo de ficar indiferente e calada como se nada estivesse a acontecer. está a acontecer que querem transformar as pessoas em escravos obedientes, conformados, calados e que se prestem a ser chulados por aqueles que deviam zelar pelo nosso PAÍS, pelo nosso bem estar e que não fazem mais que nos roubar, enganar e humilhar, bom e agora também agredir e perseguir com as forças policiais e comunicação social do seu lado a esconder e deturpar a verdade.

O povo está sozinho, não tem ninguém que o defenda, ou nos ajudamos uns aos outros ou estamos lixados e vocês que continuam de olhos fechados são o nosso e o vosso pior inimigo.
Filipa Grilo a 19 de Novembro de 2012 às 21:46